e-Learning - Aprender Email Gestão Documental Galeria Fotográfica
GARE - Gestão de Atividades Questionários GIAE - Cartão Eletrónico Portal das Bibliotecas

Neste dia

O Alves

Neste dia

EB Dr. Vasco Moniz

"Quero viver no meio desta gente simples
para saborear o sentido pleno daquela palavra
que, por muito aparecer nos discursos,
parece que emigrou dos corações: fraternidade.
"

Patrono

O Dr. Vasco Moniz nasceu em Goa a 22 de Outubro de 1913.

Em 1937 é ordenado sacerdote, em Goa.

Licenciado em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, em Itália, veio para Portugal, onde o Cardeal Cerejeira o incumbiu da Cadeira Teologia Dogmatica no Seminário Maior de Cristo Rei, nos Olivais.

Em 1941 foi nomeado pároco de Vila Franca de Xira, cargo que exerceu até 1974, Durante esse período, vendo as carências sociais existentes em Vila Franca de Xira, decide por mãos ao trabalho, e no dia 8 de dezembro de 1944 é inaugurado o C.A.S.I (Centro de Assistência Social Infantil) , “obra” fundada e dirigida por si até 1976 onde educou várias centenas de rapazes desprotegidos e ajudou-os para que fossem “homens de corpo inteiro”. Durante vários anos acumula com a acão social e pastoral, a de professor da cadeira de Teologia Dogmática, no Seminário Maior de Cristo Rei nos Olivais.

Em 1946 fundou e dirigiu o Jornal “ A voz do Catraio”, que deixou de ser publicado em 1961.

A 8 de dezembro de 1950, inaugura o “Ginásio do C.A.S.I.” que era considerado na época o terceiro pavilhão coberto do País. Também com o mesmo  nome foi inaugurado um Bairro Social “O Bairro do C.A.S.I.”.

Assistente da Acão Católica dinamizou na paróquia, o estudo da Doutrina Social da Igreja e o papel ativo dos cristãos na sociedade.

A 18 de Novembro de 1962 foi homenageado pela Paróquia e entidades autárquicas festejando as suas Bodas de Prata Sacerdotais.

Em 1963 foi agraciado pelo Estado Português, com o Grau de Oficial da Ordem de Benemerência.

Em 1970 lançou o Boletim Paroquial, exemplo de uma pastoral atuante e profética, proibida pela censura após o 15º número.

A partir de 1962 até atingir a reforma foi Professor do ensino Preparatório e secundário.

Em 1972 sentindo os sinais dos novos tempos, por sua iniciativa e com o mesmo entusiasmo, iniciou a reconversão do C.A.S.I. para Jardim Infantil, que é atualmente o C.B.E.I (Centro de Bem Estar Infantil).

Em 1974 foi deputado à 1ª Assembleia Constituinte, eleita depois do 25 de abril do mesmo ano. A 20 de novembro do mesmo ano despediu-se da paróquia. Depois de pedir a redução ao estado laico, contraiu matrimónio católico com Maria Fernanda.

A 29 de novembro de 1988 morreu em Vila Franca de Xira, tendo sido sepultado a 1 de dezembro do mesmo ano.