e-Learning - Aprender Email Gestão Documental Galeria Fotográfica
GARE - Gestão de Atividades Questionários  Portal das Bibliotecas

 

Plataforma SIGA - Cartão Escolar

 

 

Inovar consulta

 
Imagem do Office 365

 

Imagem do centro Qualifica

 
 
 

Neste dia

O Alves

Neste dia

ÉPOCA ESPECIAL - ALUNOS PRATICANTES DESPORTIVOS 

 
1. Os alunos praticantes desportivos de alto rendimento e de seleções nacionais podem requerer a realização de exames finais nacionais e provas a nível de escola do ensino secundário, e provas de equivalência à frequência dos ensinos básico e secundário, desde que as datas calendarizadas para a realização das mesmas sejam coincidentes com o período de participação em competições desportivas, conforme o previsto no artigo 17.º do Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro e no artigo 9.º do Decreto-Lei n.º 45/2013, de 5 de abril.
 
2. Para usufruírem de época especial, os alunos praticantes desportivos do ensino secundário têm de estar inscritos obrigatoriamente na 1.ª fase dos exames finais nacionais ou das provas de equivalência à frequência. 
 
3. Na situação em que os alunos referidos no ponto anterior se encontrem comprovadamente impedidos de realizar exames ou provas na 1.ª fase, poderão ser autorizados a realizá-los na 2.ª fase, sendo estes equiparados a exames e provas realizados na 1.ª fase, com a possibilidade de realizar exames ou provas na época especial como se da 2.ª fase se tratasse.
 
4. No caso de poderem realizar exames ou provas na 1.ª fase, mas estejam impedidos de aceder à 2.ª fase, estes alunos têm possibilidade de realizar os exames ou provas na época especial, sendo estes equiparados a provas realizadas na 2.ª fase. 
 
5. Todos os alunos que pretendam realizar na época especial, como 2.ª fase, exames ou provas já realizados em uma das fases de julho ou setembro, têm de proceder à respetiva inscrição.
 
6. Nas situações em que o aluno se encontra comprovadamente impedido de aceder tanto à 1.ª fase, como à 2.ª fase dos exames nacionais ou provas de equivalência à frequência, apenas terá acesso à época especial de exames e provas, considerando-se estes equiparados a exames e provas realizados na 1.ª fase.
 
7. O requerimento (Anexo I) deve ser apresentado pelo encarregado de educação ou pelo próprio aluno, quando maior, ao diretor da escola, até 9 de junho.